Terça-feira, 19 de junho de 2018   
 
 
 
 

03 de abril de 2017
Plant for the Planet: Uma viagem e muitos significados
Projeto Plant for the Planet da AccorHotels leva camareiras a conhecer
áreas de reflorestamento que elas ajudam a manter

Funcionários da AccorHotels em visita ao viveiro de árvores
 
Uma cena bonita de se ver! Moças e rapazes, alguns bem jovens outros nem tanto, se divertindo ao sujar as mãos de terra e plantar uma muda de espécie nativa do bioma Cerrado na belíssima região da Serra da Canastra em Minas Gerais.

A oportunidade de conhecer in loco o resultado de seus esforços cotidianos junto aos hóspedes levou um grupo de 24 profissionais da rede de várias regiões do país, em sua maioria camareiras, para conhecer áreas de restauração florestal que eles têm ajudado a recuperar e que ficam localizadas bem próximas a Usina Hidrelétrica de Furnas e das nascentes do Rio São Francisco.

Mexer com a terra para a maioria não era uma atividade muito comum, mas não que não sejam mãos acostumadas a trabalhar pesado na labuta de limpar quartos diariamente.

O ato de agachar para carinhosamente colocar essa muda de árvore na terra talvez não seja tão diferente na hora de fazer movimentos semelhantes para fazer a limpeza e arrumação dessas unidades. De qualquer maneira, quebrar a rotina e conhecer de perto o significado das inúmeras palestras do projeto Plant for the Planet, tem outro valor que bate forte na autoestima de todos esses profissionais.

Entre passeios e plantio de mudas, muitas das camareiras estavam tendo uma experiência ainda mais significativa para suas vidas, pois algumas delas, nem mesmo haviam saído antes de suas regiões de origem.

É o caso de Joana Paula Taveira, de 34 anos e que trabalha no Hotel Ibis de São Carlos, no interior de São Paulo, há um ano e quatro meses. Até então, ela apenas conhecia os municípios vizinhos a sua região e disse estar muito feliz com a viagem e se sentir muito reconhecida e motivada a partir dessa experiência: “Achei tudo espetacular e aprendi muito”. E, completa, “eu estou agora ainda mais convencida da importância desse trabalho”.

Ao fim da viagem de 4 dias, a sensação unânime entre os participantes era de muita alegria.

Responsabilidade Socioambiental

Unir o útil ao agradável, ou melhor, o social ao ambiental deveria ser o sonho de qualquer empresa ou organização que, além de vender bons produtos e serviços, também compreendem a sua responsabilidade perante a sociedade.

Muitas vezes para ser sustentável é preciso, em primeiro lugar, ter boa vontade e entender a importância de fazer algo positivo, principalmente, se levarmos em conta os já óbvios e nefastos efeitos das mudanças climáticas.

Como por exemplo, o singelo ato de pedir ao seu hóspede no hotel para reutilizar as toalhas ao invés de usa-la uma única vez e já solicitar a troca. Bastando para isso utilizar o simpático argumento de que a cada dia que permanecer com a mesma toalha, uma árvore será plantada. Simples, não?

E para o sucesso de uma empreitada como essa é, sem dúvida, fundamental contar com o engajamento também de funcionários, ainda mais aqueles que atuam na linha de frente e que mantêm contato direto com os clientes, caso nos hotéis, entre outros, das camareiras. Por isso mesmo, paralelamente, a educação ambiental dentro de casa é de grande importância para o convencimento desses profissionais. Porque só é possível “vender” essa ideia de trocar a lavagem de uma toalha por uma árvore se isso fizer sentido para todos os envolvidos, não é mesmo?

Visita ao projeto Plant for the Planet e ao trabalho da ONG Nordesta“O objetivo da viagem foi o de ressaltar a importância das atividades diárias desses colaboradores para o sucesso do programa e mostrar o resultado desse comprometimento na prática”, explica Antonieta Varlese, vice-presidente de Comunicação e de Responsabilidade Social da AccorHotels para América do Sul.

O Plant for the Planet foi criado em 2009 e a ideia da reutilização das toalhas em troca do plantio de árvores é válido para todos os hotéis da Rede Accor (Ibis, Novotel, Grand Mercure, entre outros) e até aqui tem obtido bons resultados no Brasil. Em parceria com a ONG Nordesta (http://www.nordesta.org/pt_BR) que atua na Serra da Canastra já foram plantadas 530 mil mudas nativas em áreas de nascentes de Cerrado e Mata Atlântica, numa área correspondente a, mais ou menos, 418 campos de futebol.

Por vezes o caminho da sustentabilidade pode começar por evitar a troca de uma toalha e obter bons resultados. Mas claro que será preciso avançar ainda mais para que possamos finalmente chegar a um equilíbrio que nos coloque em sintonia com as necessidades humanas e ambientais. O certo é que as boas ações e projetos precisam ser destacadas e multiplicadas!! (#Envolverde)

 
Arquivo
06 de junho de 2018
20º FICA: a perfeita combinação entre arte, cultura e sustentabilidade
05 de junho de 2018
Biocicla na Virada Feminina: Transformação de materiais é oportunidade para o empoderamento das mulheres
28 de maio de 2018
Abraps apresenta sondagem sobre o perfil do profissional de sustentabilidade no Brasil
25 de maio de 2018
Estudantes de Boa Vista participam de ação de limpeza na comunidade com o apoio do Limpa Brasil e da Celpe
16 de maio de 2018
Mulheres em situação de rua recebem atendimento de entidades em SP
10 de maio de 2018
Estudantes de escolas estaduais de Brasília Teimosa promovem mutirão de limpeza na comunidade com o apoio da Celpe
24 de março de 2018
Fórum Mundial da Água: o necessário cuidado global pela água
23 de março de 2018
Trata Brasil quer tirar saneamento da invisibilidade no Norte e Nordeste
23 de março de 2018
Iniciativa Verde: Programa em Extrema-MG identifica os usos da água e suas possíveis correções Humano
23 de março de 2018
Fórum Alternativo reforça visão da água como Direito Humano
23 de março de 2018
ONU aponta que soluções para a gestão da água estão na natureza
19 de março de 2018
Uma nascente para chamar de sua!
17 de março de 2018
Fórum Mundial da Água: Afinal, quem é dono da água?
19 de janeiro de 2018
Olhar ‘verde’ une escola e profissão
29 de setembro de 2017
3ª Expo Peças dará acesso a tendências, network e novos negócios
20 de julho de 2017
Suspeita de corrupção afeta credibilidade de ações socioambientais
03 de abril de 2017
Plant for the Planet: Uma viagem e muitos significados
26 de outubro de 2016
Iniciativa Verde ganha primeiro lugar no Prêmio von Martius de Sustentabilidade 2016
27 de maio de 2016
Jornalistas pela paz em área de conflito - Israel 2016
23 de maio de 2016
Entrevista de Reinaldo Canto na Nossa Rádio AM 700 sobre o livro. Confira!!
05 de maio de 2016
Maio Verde-Laranja integra saúde e alimentação orgânica em diversas atividades em São Paulo
 

2011 ~ 2018 - EcoCanto21
Reinaldo Canto
Todos os direitos reservados - www.ecocanto21.com.br
16 usuários online

Desenvovido por Tecnologia