Quarta-feira, 12 de dezembro de 2018   
 
 
 
 

18 de agosto de 2018

Abraps na Virada Sustentável:
Prêmio Abraps irá contemplar profissionais que atuam em prol do Desenvolvimento Sustentável

Neste ano a Associação premiará os destaques em quatro ODS
 

No próximo dia 23.08, quinta-feira às 18hs na Unibes Cultural, durante a realização da Virada Sustentável na cidade de São Paulo, a Abraps – Associação dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável estará homenageando profissionais que tem se destacado em suas atividades para o avanço do desenvolvimento sustentável em nosso país.

Esta será a 3ª edição do Prêmio Abraps Virada Sustentável e serão contemplados profissionais com atuação em quatro categorias alinhadas aos ODS que são: (3) Boa saúde e Bem estar; (7) Energia Acessível e Limpa; (8) Trabalho Decente e Crescimento Econômico; (15) Vida Terrestre.

As escolhas do Prêmio Abraps

O Prêmio é uma iniciativa da Abraps em parceria com a Virada Sustentável e anualmente homenageia os profissionais de reconhecida atuação em favor dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) com o propósito de empoderar, reconhecer, revelar e divulgar os profissionais que impactam o desenvolvimento sustentável. O Prêmio tem como missão reconhecer boas práticas e histórias de vida para inspirar mais pessoas a se engajarem como profissionais pelo desenvolvimento sustentável.

Entre os dias 01 e 06 de agosto de 2018 os associados Abraps e colaboradores da Virada Sustentável realizaram as indicações de profissionais que se destacaram em suas iniciativas pelo desenvolvimento sustentável, formando uma lista de profissionais de destaque para cada uma das 04 (quatro) categorias elencadas neste ano. Já de 07 a 15 de agosto a seleção dos homenageados foi realizada a partir da composição de votos da Comissão Julgadora, formada por participantes do Conselho da Abraps e da Virada Sustentável.

Homenageados


ODS3 - Saúde e Bem Estar

João Paulo Nogueira Ribeiro e Rubem Ariano


A ideia de um brasileiro que iluminou o mundo

O mineiro João Paulo vive em São Paulo já há alguns anos, mas foi no convívio familiar que aprendeu a gostar de gente, de cuidar dos outros. Com 25 anos, se formou médico e, no convívio com colegas e professores, percebeu que muitos profissionais da saúde realizam atendimentos gratuitos por conta própria (e os que não fazem adorariam fazê-lo). Foi a partir daí que surgiu a ideia de organizar o esforço de tanta gente em uma grande rede de voluntariado humanizado, que parte do princípio de que toda pessoa merece cuidado e respeito. Encontrou o parceiro ideal para lhe acompanhar neste sonho e, em 2012, nasceu o Instituto Horas da Vida. Hoje, além de cuidar do Instituto, ele atende em seu consultório e é Assistente da Disciplina de Medicina Baseada em Evidências na Escola Paulista de Medicina-UNIFESP. - https://www.linkedin.com/in/joaopaulonogueiraribeiro/

Rubem Ariano é de Lins, interior de SP e vive na capital há 25 anos onde aprendeu muito sobre o mercado financeiro. Trabalhando em uma gestora de fundos de investimento, ele teve oportunidade de conhecer pessoas, fazer alianças e criar produtos novos. Há 5 anos, porém, por considerar ter concluído um ciclo profissional decidiu repensar o propósito do seu trabalho para poder atuar mais em prol das pessoas. Após um tempo de reflexão, conheceu João Paulo e, juntos, tiveram a oportunidade de criar algo único, que os tem realizado e que faz a diferença na vida de quem precisa. - https://www.linkedin.com/in/rubem-ariano-10b4081/

O Instituto Horas da Vida nasceu assim, como uma solução para que, de maneira organizada, mais pessoas tenham acesso à saúde. Hoje, levam atendimentos a 10 Instituições, com mais de 30.000 pessoas, em São Paulo e Curitiba. - http://www.horasdavida.org.br/


ODS 7 - Energia Limpa e Acessível

Alfredo Moser

Nascido em Uberaba, Minas Gerais, Alfredo é conhecido por ter inventado em 2002 a Lâmpada de Moser (Lâmpada de garrafa Pet, litros de luz). Só concluiu o ensino fundamental e mesmo as já exportou sua criação para 15 países, entre eles, Filipinas, Bangladesh, Índia, México e Colômbia. A ideia de sua invenção é simples: com uma garrafa de plástico, água e água sanitária, funciona por meio da refração da luz solar; aproveitando dessa forma a luz natural exterior para iluminar o ambiente interno. A intensidade da Lâmpada Moser é de aproximadamente 60 watt e não emite CO2. Em 2011 a ideia foi adotada pela entidade beneficente filipina MyShelter, que a transformou em um projeto chamado "Liter of Light"; como resultado a denominada "lâmpada de água" se espalhou por um milhão de casas em mais de quinze países deficientes em iluminação pública.

https://www.dw.com/pt-br/a-ideia-de-um-brasileiro-que-iluminou-o-mundo/av-18707594


ODS 8 - Trabalho Decente e Crescimento Econômico

Adriana Barbosa

Presidente e idealizadora do Instituto Feira Preta Adriana é formada em gestão de eventos com especialização em gestão cultural pelo Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação (CELACC) da ECA – USP. Há 15 anos Adriana percebeu que, enquanto a economia brasileira se desenvolvia, também se desenvolvia o poder do “Black Money”, que nada mais é do que o dinheiro produzido por negros e negras e que circula entre negros e negras. Parecia uma ideia óbvia, mas até então não tinha sido devidamente trabalhada, ou seja, um empreendimento econômico-cultural com caráter étnico. Com pouco mais de 20 anos de idade ela criou a maior feira de cultura negra da América Latina, a Feira Preta, que é o espelho vivo das tendências afro-contemporâneas do mercado e das artes, além de ser o espaço para valorizar iniciativas afro-empreendedoras de diversos segmentos.

O Instituto Feira Preta faz o mapeamento do afro-empreendedorismo no Brasil e atua como acelerador e incubador de negócios negros, além de articuladores do Black Money e promotores de educação empreendedora. As atividades do instituto estão distribuídas em todo o território brasileiro, especialmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Maranhão e Distrito Federal e já movimentaram em 15 anos cerca de R$ 4,5 milhões como resultado da venda de produtos e serviços.

Graças ao reconhecimento desse trabalho Adriana recebeu diversos prêmios, entre eles, a condecoração de comendadora pela Ordem de Mérito Rio Branco (Ministério de Relações Exteriores) e o Troféu Zumbi dos Palmares (Assembleia Legislativa do Estado de SP). Em 2012 foi uma das primeiras representantes da América Latina a participar do programa Global Women's Leadership Network (GWLN) da Santa Clara University nos EUA - Califórnia. - https://www.linkedin.com/in/adrianafeirapreta/?locale=pt_BR

Os negros são uma potência criativa e empreendedora, mas o racismo estrutural no Brasil não permite que o capital chegue às nossas mãos.- http://feirapreta.com.br/


ODS 15 - Vida Terrestre

Wagner Ramalho

Wagner é educador, consultor e palestrante ambiental. Fala com frequência sobre cultura de paz, escassez de água potável no Brasil, segurança alimentar, sustentabilidade e consumo exagerado.

É autor do projeto Prato Verde Sustentável que tem como missão promover a equidade nas relações socioambientais gerando benefícios que refletem na qualidade de vida da população por meio da alimentação adequada e saudável garantindo o direito ao acesso permanente de alimentação variada, equilibrada moderada, prazerosa, livre de contaminantes físicos, químicos, biológicos e de organismos geneticamente modificados, pautada no referencial tradicional e cultural local, provida de forma sociamente justa e ambientalmente sustentável, capaz de transmitir pelo ato de comer as propriedades nutritivas químico-protetoras dos alimentos, nos diferentes ciclos de vida e assegurando o atendimento aos portadores de restrições alimentares e necessidades específicas.

O projeto nasceu da conjunção de experiências adquiridas a partir da experiência como tecnólogo ambiental, do trabalho como educador ambiental realizado no projeto “CRER-SER”, sediada no Parque Ibirapuera, São Paulo e da observação da má qualidade alimentar da população de baixa renda da cidade. O Prato Verde Sustentável, percebendo este declínio na segurança alimentar, objetiva trabalhar para mitigar os problemas nutricionais e ambientais no país. O programa não só trabalha para a segurança alimentar, mas também para a sustentabilidade, dando importância e destaque para o meio ambiente. Portanto, o foco na população de baixo poder aquisitivo, mas também no trabalho de conscientização de toda sociedade.

https://www.facebook.com/pratoverdesustentavel/


Programação - 23/08

A partir das 18h acontece a abertura da cerimônia que será realizada pela Virada Sustentável, o PNUD e o Pacto Global.

Na sequência acontecerá a homenagem da Abraps aos profissionais do Prêmio.

E, fechando a noite, por volta das 20h, será feita a cerimônia do Desafio 2030, pela equipe da Reconnecta, voltado a homenagear os projetos socio-ambientais em escolas.

Sobre o regulamento: http://abraps.org.br/ods/premio-abraps-2018/

Nota de divulgação pela Virada:
https://www.viradasustentavel.org.br/sao-paulo/atracao/premiacao-virada-sustentavel-2018.html

Local:
Teatro Unibes Cultural
Rua Oscar Freire, 2500 (ao lado da Estação Sumaré – Linha Verde do metrô)

 
Arquivo
12 de setembro de 2018
Faltam apenas alguns dias para o dia Mundial da Limpeza
06 de setembro de 2018
Tecnologia que fortalece a reforma ambiental global
27 de agosto de 2018
Uma viagem para a maior criação da humanidade - a Mancha de Lixo do Pacífico Norte
23 de agosto de 2018
Falta menos de um mês para o Dia Mundial da Limpeza
21 de agosto de 2018
Abraps terá participação destacada na Virada Sustentável 2018
18 de agosto de 2018
Abraps na Virada Sustentável: Prêmio Abraps irá contemplar profissionais que atuam em prol do Desenvolvimento Sustentável
16 de agosto de 2018
Um trote diferente nas unidades da FMU: Limpa Brasil faz ação com calouros da Universidade
30 de junho de 2018
Coordenadora do
Let´s Do It visita o país e apoia ações do Limpa Brasil
28 de junho de 2018
Carta pelo Não Uso Político da Secretaria de Meio Ambiente
18 de junho de 2018
Encontro de Lideranças Femininas destaca Projetos de Empoderamento e Geração de Renda
15 de junho de 2018
Workshop discute os 6 anos do Código Florestal com a imprensa
13 de junho de 2018
Comunidade se mobiliza para ter o Rio Pinheiro vivo e sem lixo
06 de junho de 2018
20º FICA: a perfeita combinação entre arte, cultura e sustentabilidade
05 de junho de 2018
Biocicla na Virada Feminina: Transformação de materiais é oportunidade para o empoderamento das mulheres
28 de maio de 2018
Abraps apresenta sondagem sobre o perfil do profissional de sustentabilidade no Brasil
25 de maio de 2018
Estudantes de Boa Vista participam de ação de limpeza na comunidade com o apoio do Limpa Brasil e da Celpe
16 de maio de 2018
Mulheres em situação de rua recebem atendimento de entidades em SP
10 de maio de 2018
Estudantes de escolas estaduais de Brasília Teimosa promovem mutirão de limpeza na comunidade com o apoio da Celpe
 

2011 ~ 2018 - EcoCanto21
Reinaldo Canto
Todos os direitos reservados - www.ecocanto21.com.br
27 usuários online

Desenvovido por Tecnologia